Melgaço, início de uma visita pelo Gerês

Com mais um pretexto para desaparecer do mapa, aproveitamos para ir até Melgaço, à Festa do Alvarinho e do Fumeiro. Típica festa popular, é impossível ficar indiferente a este tipo de eventos. Com vinho, enchidos e música, é certo que gente não vai faltar.

Melgaço fica mesmo lá em cima, quase na fronteira com Espanha. Podes sempre aproveitar para visitar mais algumas locais lá para cima.

O Gerês é hoje um sítio bem preparado para receber turismo. Tem montes de locais de interesse e infraestruturas para passares alguns dias de lazer.  Por isso aproveita. Deixo-te uma sugestão de um roteiro que podes fazer.

Melgaço

É uma vila pequena, mas com os seus detalhes. No alto do monte encontramos uma torre com muralhas e toda a zona antiga. Por aí, pode-se encontrar uma igreja, ruas sinuosas, casas de pedra e o museu do vinho alvarinho. O museu presenteia-nos as várias casas que produzem um vinho fantástico – Vinho Alvarinho, típico desta região.

Palácio da Brejoeira

Edifício do Século XIX e hoje transformado em ponto turístico. Existem vários tipos de bilhetes (palácio, jardins, ou os dois em conjunto). Convém não chegar muito tarde, pois os bilhetes esgotam, já que as visitas são guiadas e limitadas a certo número de pessoas. Tanto o interior e exterior são fascinantes e ficamos a conhecer a história deste local, onde ainda hoje se produz vinho alvarinho.

Monção

É outra aldeia conhecida desta região. No dia em que visitamos havia uma feira de velharias na praça central. Logo ao lado temos um miradouro fantástico sobre o rio Minho. Nesse mesmo miradouro ergue-se um impressionante Ulmeiro.

Peneda

Situada entre duas montanhas, aqui encontramos o santuário de Nossa Senhora da Peneda, que serve também de miradouro. Vale a pena subir as escadarias e observar a tranquilidade presente.

Parque Nacional Peneda-Gerês

É uma reserva natural, onde é suposto não haver interferência humana. A única visita possível é a pé (vê-se imensas caminhantes) ou de carro (mas os carros não podem parar). Através da estrada vais ver cascatas de água, e cenários lindos de como é a natureza no seu estado puro.

Barragem da Caniçada

Por entre desfiladeiros, o Rio Cávado, agora travado pela barragem, forma uma albufeira que é um dos centros turísticos da região. Aqui é possível alugar barcos, caiaques e gaivotas. Praticar pesca, mota de água e mesmo Flyboard.

Onde comer

O Chana – Mesmo em frente fica a albufeira da Barragem da Caniçada (N308). Tem umas pizzas a forno de lenha maravilhosas e os preços são muito acessíveis – 1 Pizza 8€

O que visitar

Palácio da Brejoeira – 5 €  (Palácio, Jardins e Capela). Visita ao Bosque, Vinhas e Adega Antiga: €3. Visita Completa: €7,5.

Festa do Alvarinho e do Fumeiro – 5€ entrada (mas oferecem-te um copo para beberes o vinho). A degustação do vinho é gratuita e cada garrafa começa nos 5,50€. Os petiscos vão desde o caldo verde a 3,50€ até pratos mais elaborados.

Museu do Alvarinho em Melgaço – 1€


One thought on “Melgaço, início de uma visita pelo Gerês

  1. Nair Responder

    Parabéns pelo blog. Keep up the good work! 🙂

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.